O Melhor Arroz Doce do Mundo

Ingredientes

2 copos de 20 cl. de Arroz
1 litro de Leite
2 Ovos
1 saqueta de Pudim Mandarim
1 raspa de Limão
1 Pau de Canela
Açucar qb.
Canela em pó qb.
Sal qb.

Modo de Preparo

1.º Cozer o arroz num tacho com muita água em umas (poucas) pedrinhas de sal. Eu prefiro arroz Carolino.
2.º Escorrer bem a água do arroz. O arroz deve ser deixado um pouco encruado, pois coze depois o resto dentro do leite.
3.º Do litro de leite retirar um copo e por o resto ao lume com a raspa de limão e o pau de canela, até o leite começar a ferver.
4.º Colocar o arroz dentro do leite, mexer, colocar o lume médio-baixo e deixar cozer um pouco, 5-10 minutos.
5.º Entretanto, dissolva o pudim dentro do leite que retirou do litro, que deve estar morno, e junte as gemas dos dois ovos. Mexa bem.
6.º Retire o tacho do lume, deite-lhe a mistura do pudim e das gemas, mexendo ao mesmo tempo o arroz até ficar tudo bem misturado.
7.º Volte a colocar o tacho ao lume, agora brando, e vá juntando colheres de açúcar uma a uma (pode por logo 3-4 colheres), mexendo sempre e provando, até atingir o doce desejado. Deixe cozer no lume brando mais 2-3 minutos.
8.º Retirar a raspa de limão do arroz e colocá-lo em taças. Polvilhar com canela (ou não), a gosto. (1 concha e meia de arroz doce por taça parece-me ser uma dose racional, e costuma resultar-me em 8-10 taças).

Dicas: O arroz doce deve ficar caldoso, pois, como se sabe, o caldo do arroz doce, levando leite, ovos e/ou pudim, assim que arrefece "solidifica".
Existe alguma disputa acerca de se utilizar pudim ou ovos no arroz doce. Eu, como vêem, uso ambos, e passo a explicar porquê: o uso dos ovos faz o prato mais tradicional (menos artificial, portanto), mais rico (nutritivamente, também), e dá naturalmente algum sabor e aroma de ovo ao arroz. Por outro lado, o pudim ajuda o arroz doce a ficar cremoso, amarelinho e pode adicionar bons aromas. Por exemplo, um ligeiro aroma a baunilha cai muito bem no arroz doce. Eu sugiro aqui o pudim Mandarim, mas nada melhor do que ir experimentando até achar o melhor para si. Eu até já fiz com solução de leite creme e também ficou bom.
Com o arroz doce dá para brincar um pouco. No outro dia, por exemplo, fiz arroz doce e lembrou-me de lhe misturar, porque tinha para lá, nalgumas taças, aquelas pérolas de açúcar, que se usam na decoração dos bolos: ficou bom, o crocante das pérolas misturadas no cremoso arroz doce, e os putos acham graça.
Por fim, sugiro é que se coma sempre o arroz doce morno, daí eu nunca fazer muito, de modo a que seja logo todo comido, quando ainda está quentinho. Assim toda a gente gosta e diz sempre que está muito bom! Cuidado é com a barriguinha!

Tempo de Preparo

60 min

Porções

9
Leia tudo de:
Comentários